quarta-feira, 24 de julho de 2013

Caravana Paraty


Caravana Paraty chega ao Rio de Janeiro
Entre os dias 2 e 11 de agosto, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) recebe artistas paratienses e caiçaras em evento gratuito que inclui apresentações musicais, teatro, dança, debate, vídeos e exposições de máscaras e bonecos

Uma iniciativa inédita de valorização da cultura popular chega ao Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (CCBB Rio). Entre os dias 2 e 11 de agosto, a Caravana Paraty trará a atmosfera cultural desta charmosa cidade colonial do Sul fluminense para o público carioca.

Unindo o tradicional e o contemporâneo, a Caravana traz em sua programação mestres da cultura popular paratiense, como o grupo de Ciranda "Os Caiçaras", e também expoentes da produção contemporânea, como o cantor, compositor e poeta, Luís Perequê. Os artistas paratienses também receberão ao palco convidados especiais do Rio, como a Orquestra Voadora, Juliana Caymmi e o rapper BNegão.

"Essa é a primeira vez que a cidade de Paraty forma uma caravana cultural com representantes de várias artes, como dança, teatro e música. Queremos valorizar nossa cultura para poder preservá-la", ressalta Luís Perequê, idealizador da Caravana Paraty.

A Caravana é uma ação do movimento do Defeso Cultural, que reúne a comunidade artística de Paraty com o objetivo de preservar, apoiar e valorizar a cultura popular. Inspirado no conceito de Defeso marinho, que visa proteger as espécies na época de sua reprodução, o Defeso propõe o debate de ideias e políticas públicas capazes de preservar a vida cultural das cidades turísticas, ameaçada pela lógica econômica que privilegia o entretenimento em prejuízo da cultura.

O evento é uma realização do Instituto Silo Cultural, importante espaço de produção artística em Paraty, do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e do Governo Federal. E conta também com o apoio da Eletrobras/Eletronuclear e parceria do SESC.


Programação

Exposição de máscaras e bonecos de papel machê e poemas de Zé Kleber

De 02 a 11 de agosto – salas 08 e 26 – 4ª andar
O Carnaval de mascarados, tradicional de Paraty, popularizou a arte do papel machê na cidade. Máscaras e bonecos articulados garantem anonimidade aos foliões e encantam turistas durante as festividades. Nesta exposição você vai conhecer a obra dos mestres do papel e 14 versos do saudoso poeta e compositor Zé Kleber.



Vídeos

De 02 a 11 de agosto – Cinema II (térreo – mezanino)
Um panorama da produção cultural de Paraty que destaca a tradição e os usos e costumes das comunidades caiçaras tradicionais que habitam o litoral do norte do Paraná ao sul do Rio de Janeiro. Os vídeos transitam entre a linguagem do documentário clássico, o olhar imersivo e o registro bruto de acontecimentos ligados à defesa das manifestações culturais.



Sexta-feira - 02 de agosto

11h / 16h / 17h30 – Vídeo – Dias Caiçaras – 45” – Vito D’Alessio / II Encontro de Fandango e Cultura Caiçara - Mesa Luis Perequê - 7’50” / Eu Brasileiro – Luis Perequê – 5’35”

Cinema II (térreo – mezanino)


19h – Show Luís Perequê – Convidados Juliana Caymmi / Carlinhos Antunes

Teatro II – 2º andar


Compositor, cantor e poeta, o paratiense Luís Perequê é considerado a voz da cultura caiçara. Ao cantar seu lugar, Perequê torna-se universal e desenha sonoridades e versos capazes de sensibilizar o público e levar a todos a uma viagem imagética pela sua cultura.



Sábado – 03 de agosto


11h / 17h30 – Vídeo - Teu Canto de Praia – 60’ – Manuela Sobral

Zé Kleber – 30’ - Nena Gama

Cinema II (térreo – mezanino)


16h – Ciranda Os Caiçaras com Café Caiçara

Estacionamento


19h – Flutuações – Grupo Contadores de Estórias

Teatro II – 2 º andar

O espetáculo foi inspirado em xilogravuras japonesas do período Edo (séculos XVIII e XIX) e situações do cotidiano da cidade de Paraty. Uma história para adultos sem palavras e sem pressa. Cenas do cotidiano tecidas em cores suaves e tons pastel. De permeio, um moço garboso e um romance, macio e carinhoso... Imagens de um mundo flutuante. Momentos vagando no ar. Para maiores de 14 anos.

Domingo – 04 de agosto

11h – Chapeuzinho Vermelho – Grupo Contadores de Estórias

Teatro II – 2º andar

A versão clássica dos irmãos Grimm feita com bonecos e todo o universo em miniatura. Os cenários são inspirados em quadros de pintores famosos e a trilha sonora nos clássicos Bach, Debussy, Brahms, e Beethoven iniciando o contato das crianças com a obra desses grandes mestres. Espetáculo com bonecos, sem palavras, indicado para crianças a partir de 4 anos.


16h / 17h30 – Vídeo – Viola Peregrina – 80’ – Thiago Taboada

Cinema II (térreo – mezanino)


19h – Show Rhandal Oliveira e Trio Compasso Livre – Convidado PC Castilho

Teatro II – 2º andar


Compositor, arranjador, multi-instrumentista, Rhandal lançou seu primeiro disco em Londres, fez trilha sonora para a mini-série Labirinto da TV Globo e participou de diversos festivais de música instrumental em Paraty.


Segunda-feira -­­ 05 de agosto

11h / 16h /17h30 – Vídeo - Vida e Imaginário Caiçara – 50’ – Emiliano Bernardo e Rubem Bianchi / A História em Versos – 17’ – Priscilla Ermel / O Canto das Canoas 25’ / Os Engenhos de Chiquinho Carneiro 29’ / A Trama das Águas 5’ – Priscilla Ermel

Cinema II (térreo – mezanino)


Quarta-feira – 07 de agosto

11h / 16h / 17h30 – Vídeo - Expulsos do Paraíso – 35’ – Cristina Fibe / II Encontro de Fandango e Cultura Caiçara - II - Toques de Rebeca 6’40”/ O Ariri 4’25” / Fandango de Cananeia 3’57” / A despedida 3’45” / Um minuto na Rio Santos 1’

Cinema II (térreo – mezanino)


19h – Show Felipe Guaraná e Lucas Sales - Convidado Federico Puppi

Teatro II – 2º andar

Fundador da banda Os Guaiamu, co-diretor musical do bloco Arrastão da Jabaquara, Guaraná comemora um ano de carreira solo com o show Cantando a Minha Terra, onde apresenta baladas, sambas e marchinhas de sua autoria.

Quinta-feira – 08 de agosto

11h / 16h – Vídeo - Navegando entre a tradição e o novo / 4'14' – Juliana Radler / Gil e Perequê – 15’ – BT / Da raiz ao fruto – Guaraú - Jureia 2009 – 15’- BT / Luz do lugar – Cachoeira do Guilherme 2008 – 7’28” – BT

Rede Caiçara de Cultura – Paraty 2013 – 30’ – BT

Cinema II (térreo – mezanino)

18h - Mesa do Defeso Cultural – auditório 4º andar – Participantes:

Antonio Carlos Diegues - Antropólogo, Diretor Científico do NUPAUB – Núcleo de Apoio à Pesquisa Sobre Populações Humanas e Áreas Úmidas Brasileiras da USP

Alexandre Pimentel - Gestor cultural, pesquisador e geógrafo, é diretor da Biblioteca Parque de Manguinhos, no Rio de Janeiro.

Luís Perequê - Músico, compositor e poeta. Nascido e criado em Paraty (RJ), é considerado a voz da cultura caiçara.

Bruno Tavares - Trabalhou com diversos grupos de música popular, memória e acervos audiovisuais, pertence ao corpo discente do curso de Cinema e Audiovisual da UFF.


19h – Realidade Negra e Jongo do Campinho da Independência – Convidado B Negão

Teatro II – 2º andar

As rimas sempre presentes nos pontos de jongo e calango, nas trovas e nos repentes - ritmos tradicionais no quilombo do Campinho - afiaram o pensamento do grupo de hip hop Realidade Negra. Em suas composições, o grupo, além de mensagens de protesto busca promover a arte e a educação.


Sexta-feira – 09 de agosto


11h / 16h / 17h30 – Vídeo

Companhia Dançante Ato 10 anos em Paraty – BT e Mario Grisolli - Acervo Vanda Mota 8’11” / Cia DançanteAto 10’16” / Clip Silo Cultural 8’26” / Oficinas de dança 13’43” / De corpo e alma em Paraty – 20’

Cinema II (térreo – mezanino)


19h – Espetáculo De Porto e Alma – DançanteAto

Teatro II – 2º andar

A companhia DançanteAto dirigida pela coreógrafa Vanda Mota desenvolve há mais de dez anos, um trabalho que incorpora os movimentos das danças tradicionais da região a um vocabulário técnico de dança com base no clássico e “flying low” (técnica desenvolvida por David Zambrano), buscando uma linguagem cênica e dramatúrgica contemporânea .

Sábado – 10 de agosto

11h / 17h30 – Vídeo - Dias Caiçaras – 45” – Vitor D’Alessio

Caiçara, a cultura e o mar / duração: 6'16'' – Juliana Radler/Mapa de Cultura do Estado do Rio de Janeiro

Cirandas Paratienses / duração: 5'01'' – Diana Gandra/Mapa de Cultura do Estado do Rio de Janeiro

II Encontro de Fandango e Cultura Caiçara – Mesa Música Caiçara, Modas Tradicionais e Novas Composições – 7’43”

Cinema II (térreo – mezanino)



16h - Ciranda os Caiçaras com Café Caiçara

Estacionamento



19h – Ciranda Elétrica e Os Caiçaras

Teatro II – 2 º andar

“Caiçaras de Raça”, título do primeiro álbum da banda, expressa bem o caráter desse grupo de jovens músicos que eletrizou a ciranda tradicional de Paraty com baixo e guitarra. Suas composições sincretizam rock, samba, hip hop e funk com ritmos caiçaras. Venha se divertir nessa roda.



Domingo – 11 de agosto

11h / 16h / 17h30 – Vídeo - Xaréu – Memórias do Arraial. 72’ - Patrícia Ramos Pinto

Cinema II (térreo – mezanino)


19h – Chama Maré e Trio Mangarapira – Convidado Orquestra Voadora

Teatro II – 2º andar


Chama Maré

Este grupo de jovens paratienses adotou o forró e deu ao ritmo um sotaque caiçara. Desde 2010, o grupo se apresenta em eventos importantes locais e de cidades vizinhas.


Trio Mangarapira

O trio que não abre mão dos instrumentos tradicionais nordestinos – sanfona, zabumba e triângulo - espalha alegria e animação em eventos na Costa Verde tocando composições próprias e clássicos do forró.


-
A programação completa da Caravana Paraty estará disponível no site do Centro Cultural Banco do Brasil: bb.com.br/cultura a partir de 19 de julho.

Saiba mais sobre a Caravana Paraty e o Defeso Cultural: http://facebook.com/defesocultural

Veja nossos vídeos: http://vimeo.com/defesocultural


Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março, 66
Centro – Rio de Janeiro – RJ
CEP 20010-000
www.bb.com.br/cultura
twitter.com/ccbb_rj
http://facebook.com/CCBB.RJ


Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa da Caravana Paraty:
Sumauma Imagem, Conteúdo e Prod. Cinematográfica
Juliana Radler / juradler@gmail.com
24 3371-2684 / 24 8115-5101 / 24 8842-5101


Assessoria de Imprensa CCBB Rio
Sueli Voltarelli – 21 3808 2323 svoltarelli@bb.com.br
Bianca Mello – 21 3808 2326 biancamello@bb.com.br






sexta-feira, 19 de julho de 2013

Gravação da TV Globo no Silo Cultural


Nesta última segunda, 22, Luís Perequê, idealizador do movimento Defeso Cultural e da Caravana Paraty, se encontrou com o Ciranda Elétrica no Silo Cultural para gravação com a TV Rio Sul, filial da TV Globo. 
Aguardem a data de exibição!



Confira mais na Página do Defeso Cultural: https://www.facebook.com/defesocultural



Atividades Silo Cultural durante a Flip 2013

Durante a Flip o Silo Cultural promoveu uma programação paralela com diversas atividades culturais, entre elas:

  • Qui 4/jul   
OFF Flip
11 horas Palestra e Exibição do vídeo documentário de Edson Fogaça sobre embarcações brasileiras e um raro tipo de jangada, a jangada de raiz. Em seguida haverá debate sobre as embarcações tradicionais, patrimônio cultural do Brasil.


18h Ciranda

Foto Léia Siqueira


  • Sex 5/jul 
OFF Flip
10 horas Memórias da Ditadura. Encontro com Cristina Chacel, autora "Seu amigo esteve aqui" e Bernardo Kucinski, autor de "K" e apresentação de Gilberto Galvão.
Foto Léia Siqueira


Mesa– OFF Flip
16 horas Lançamento da biografia de Sivuca, da autora Flávia Barreto, filha do músico e compositor paraibano. "Magnífico Sivuca, Maestro da Sanfona".



19h30 Teatro Cia da Lua de Angra dos Reais apresentou: “Pompéia O Poeta Inquieto”

Foto Bárbara Gama


  • Sáb 06/jul
10h Roda Rede Caiçara de Cultura


16h Mesa Defeso Cultural com Luís Perequê, Alexandre Pimentel e Bruno Tavares
Foto Allana Thomé


19 h Ciranda “Os Caiçaras“
Foto Bruno Tavares


  • Dom 07/jul
14h
Comemoração de 1 ano da vitória de Seu Maneco e família no seu território tradicional. Com Café Caiçara, Exibição de Vídeos, Exposição e Apresentações das Comunidades.

Foto Juliana Radler
Foto Juliana Radler



Encontro da Rede Caiçara de Cultura 2013

A criação da Rede Caiçara de Cultura aconteceu no Silo Cultural em 03 de abril de 2005.

Tinha como objetivos iniciais estabelecer centros de cultura caiçara ou centros de referencia nos municípios que abrangem as populações caiçaras que segundo Antônio Carlos Diegues estão localizadas de Angra dos Reis, RJ até Paranaguá no Paraná e organizar programação compartilhada de eventos nesses municípios.

Hoje a Rede Caiçara de Cultura é reconhecida pelo Governo Federal como representante do segmento de Cultura Caiçara junto à comissão de políticas públicas para comunidades tradicionais do Ministério do Meio Ambiente.

Entre os dias 03 e 07 de julho de 2013 o Silo Cultural promoveu, em parceria com o SESC, III Encontro da Rede Caiçara de Cultura com o objetivo de fazer uma mostra não somente das manifestações tradicionais, mas também dos artistas que embasados em suas tradições partem para uma produção artística contemporânea na área da música.


A integração dos artistas vindos dos três estados onde a cultura caiçara é presente se deu através das rodas de conversa programadas com algumas lideranças de comunidades tradicionais e nas refeições coletivas.

Confira!




Atividades no SESC 2 (Rua do Comércio, 21, Centro Histórico – Paraty)

04/07/13 (quinta) | 19h-20h50
Grupo de Ciranda “Os Caiçaras”
Grupo de Ciranda “Ciranda Elétrica”



05/07/13 (sexta) | 20h-21h50
Grupo “Fandango de Ubatuba”
Grupo “Lá e Cá”


     
          


06/07/13 (sábado) | 21h-22h50
Grupo “Manema”
Carlinhos Antunes e Kátya Teixeira




07/07/13 (domingo) | 16h-17h30
Ciranda de encerramento com “Os Coroas Cirandeiros"




















Atividades no Silo Cultural (Rua Dr. Samuel Costa, 12, Centro Histórico – Paraty)

06/07/13 (sábado) | 10h
Roda de conversa

                              | 16h
Mesa do Defeso Cultural com Luís Perequê, Alexandre Pimentel e Bruno Tavares.

07/07/13 (domingo) | 10h
Roda de conversa



segunda-feira, 1 de julho de 2013

Mesa Defeso Cultural na FLIP

Imperdível!

Quinta-feira, dia 4 de julho de 2013, às 14h30 teremos a mesa do Defeso Cultural na FLIP, na tenda dos autores. A mesa terá a participação de Gilberto Gil, da historiadora Marina de Mello e Souza e mediação de Alexandre Pimentel.


Fonte: Defeso Cultural | https://www.facebook.com/defesocultural

Foto: Juliana Radler



Confira matéria também no Site Paraty.Com: http://www.paraty.com/?p=3645